Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

20/11/2020

O que é aromaterapia?

Uma das técnicas mais antigas da humanidade voltou a ganhar relevância nos últimos anos e está cada vez mais popular.

O uso dos óleos essenciais agora faz parte da rotina de inúmeras pessoas, seja para deixar um ambiente mais agradável ou até mesmo agindo como gatilho para criação de novos hábitos.

Que tal conhecer um pouco mais desta arte milenar que vem transformando o mundo?
 

A história da Aromaterapia

A extração de óleos de plantas para a criação de fragrâncias e remédios surgiu no mundo antigo, sendo extremamente valorizada como uma arte divino, utilizada em rituais sagrados para unir as divindades aos seres humanos.


Já no antigo Egito os óleos essenciais eram extraídos através de um processo de infusão, contando também com o uso de incensos aromáticos.

Desde então, o óleo terapêutico para massagem se tornou cada vez mais comum.

Com o passar dos anos, a ciência europeia medieval começou a estudar a importância dos óleos extraídos das plantas e suas principais propriedades, desencadeando assim uma série de novos estudos até chegar naquilo que conhecemos hoje como aromaterapia.

  
Como a Aromaterapia pode ajudar no seu dia a dia

Os óleos essenciais possuem inúmeras substâncias naturais em sua composição que agem diretamente no organismo e auxiliam em processos de cura, relaxamento e até mesmo na melhoria da organização e foco.

Há quem utilize os óleos essenciais como aromatizadores de ambientes, mas quando falamos sobre este produto, é preciso relembrar que cada gota possui uma grande influência no funcionamento do nosso corpo e deve ser utilizada com sabedoria e, acima de tudo, responsabilidade.

Pessoas que sofrem de insônia, por exemplo, podem utilizar algumas gotas do óleo essencial de lavanda para ajudar a dormir.

As propriedades aromáticas deste óleo fazem com que o corpo relaxe, reduzindo os níveis de ansiedade e tranquilizando a mente para o sono.

A praticidade é, sem sombra de dúvidas, uma das principais vantagens da aromaterapia.

Afinal, os óleos, em sua maioria, são de fácil acesso e armazenamento, podendo inclusive ser carregados para qualquer lugar, desde que estejam protegidos do sol e de altas temperaturas.

Aromaterapia como medicina alternativa

Torna-se cada vez mais comum o uso da aromaterapia como alternativa para tratamentos respiratórios, alérgicos e psicológicos, isso porque os agentes presentes nos óleos atuam de maneira semelhante aos medicamentos quimicamente produzidos, estimulando ou inibindo os sistemas do corpo de acordo com a necessidade do paciente.

Cada planta possui uma composição única, podendo agir em diversas regiões do corpo, com intuitos distintos de uma só vez.

Além disso, é possível combinar óleos essenciais para desenvolver uma composição ainda mais precisa em determinados tratamentos.

Aprenda como usar os óleos essenciais
O uso dos óleos essenciais não é difícil, mas exige muito cuidado e atenção, pois seus efeitos surgem de forma rápida no organismo.

Uma simples gotinha de óleo essencial de alecrim no pulso, por exemplo, pode fazer toda a diferença na hora de trabalhar!

Os óleos essenciais podem se tornar verdadeiros companheiros na sua rotina, melhorando o humor, tratando dores e até mesmo regulando o sono e garantindo um descanso intenso.

Para que seus efeitos surjam, no entanto, é fundamental conhecer as propriedades de cada óleo e o respectivo método de aplicação.


Hoje convidamos você a entrar no mundo da aromaterapia e conhecer os verdadeiros benefícios por trás de singelas gotas extraídas de plantas que já fazem parte da sua rotina, como a laranja, o alecrim lavanda e outros.